> Arte e Educação: Junho 2010

Obrigada por seguir...

24 de junho de 2010


SEM O AMOR...

"A inteligência sem amor, te faz perverso.

A justiça sem amor, te faz implacável.
A diplomacia sem amor, te faz hipócrita.
O êxito sem amor, te faz arrogante.
A riqueza sem amor, te faz ávaro.
A docilidade sem amor, te faz servil.
A pobreza sem amor, te faz orgulhoso.
A beleza sem amor, te faz fútil.
A autoridade sem amor, te faz tirano.
O trabalho sem amor, te faz escravo.
A simplicidade sem amor, te deprecia.
A oração sem amor, te faz introvertido e sem propósito.
A lei sem amor, te escraviza.
A política sem amor, te deixa egoísta.
A fé sem amor, te deixa fanático.
A cruz sem amor, se converte em tortura.
A vida sem amor... não tem sentido!"
(Autor desconhecido)



Projeto Era uma vez

Estamos desenvolvendo no infantil o preojeto 'ERA UMA VEZ" toda semana contaremos uma história (com a carecterização devida risos...)para as crianças (claro que quase todo dia tem uma historinha legal risos...)e faremos o registro(fotos e escrita) num caderninho especial e no fim do projeto faremos uma bela exposição! Vou postar as primeiras fotos viu?Aguardem...

APRESENTAÇÃO:
O Ato de ler é um processo de construção de significados a partir de um texto. Assim, a relação que a criança estabelece com as histórias infantis é bastante peculiar pois desperta interesse e provoca descobertas de forma lúdica.
O trabalho surgiu com o propósito de reforçar em nas crianças o hábito da leitura, proporcionando a familiarização delas com as palavras de forma prazerosa e o desenvolvimento de seu potencial crítico e criativo.

JUSTIFICATIVA: As histórias infantis têm o poder de suscitar o imaginário, de responder a curiosidade em relação a tantas perguntas, descobrir outros lugares, outros tempos, outros jeitos de agir e de ser. É ouvindo ou lendo histórias que se podem sentir emoções importantes, como a tristeza, a raiva, o medo, a alegria, e tantas outras mais, e viver profundamente tudo que as narrativas provocam e, assim, esclarecer melhor as próprias dificuldades ou encontrar um caminho para a solução delas.

OBJETIVO:
Despertar o gosto pela leitura e escrita.
Partilhar a leitura com as pessoas da comunidade, entendendo-a como instrumento de cidadania.

METODOLOGIA:
O projeto realiza-se no contexto escolar: as crianças lêem histórias contadas pela professora, leituras, dramatizações, recontam histórias, participam de momentos na biblioteca, ginásticas historiada, teatros, produções coletivas, montagem de livros. E no contexto familiar: lêem, semanalmente, a história escolhida na quinta-feira pela criança e compartilhada na segunda-feira seguinte com a turma.

CONCLUSÃO:
Os contos de fadas e os contos atuais são importantes na formação das crianças porque ajudam a situá-las no mundo, descobrir e conviver com sentimentos e emoções. É, também, através da literatura que a criança entra em contato com o mundo da escrita de forma de forma prazerosa, despertando o hábito pela leitura e proporcionando a familiarização com o mundo das palavras.

10 de junho de 2010

Projeto-Mascotinho

Estamos desenvolvendo um projeto na minha escola,cada sala vai criar um mascote para as crianças levarem e passar o fim de semana com ele.Na nossa turminha criamos a Mariela(até livro ela tem!)....olha que linda ela é...Embaixo coloquei sua história...
Mariela foi confeccionada com um ziper de lado com intuito de podermos abri-la e colocar comida(papel risos),trabalhando assim coordenação motora,alimentação...
Toda sexta feira uma criança leva Mariela para casa magrinha e tem de traze-la gosrdinha risos...Levará também um livro ao qual relatará tudo o que fez com Mariela,na segunda feira leremosd para a turminha como foi o passeio de Mariela...Um projeto inesquecível...





Mariela a cobra banguela...

Fazendo bolas enormes
com sua goma de mascar
Mariela, toda prosa,
saía a passear.

Nas festas de aniversário
ia toda radiante
comia brigadeiro
tomava refrigerante.

Tal qual algumas crianças
não cuidava de seus dentes
nem lembrava da escova
que ganhara de presente.

Um dia, assim de repente
Mariela descobriu
que um dos seus lindos dentes
sem mais nem menos caiu.

E logo caíram outros
deixando nossa Mariela
sem poder morder nada:
Era uma cobra banguela

As outras cobras do bosque
Mostrando os dentes da boca
Riam ao ver Mariela
Só podendo tomar sopa.

Cobra sem dente não morde
Nem amedronta ninguém
Pensando assim Mariela
Juntou vintém por vintém

E com dinheiro na bolsa
Fingindo ser uma artista
Foi contar o seu problema
A seu amigo dentista

Hoje de novo contente
De tão feliz até jura:
Vai escvovar para sempre
Sua linda dentadura!
(autor desconhecido)